Este é um blog aberto ao público, para que aqui deixe sua postagem a respeito do tema em seu país. Pode ser a Sabedoria Popular em qualquer área: Saúde, Beleza, Vida, Particularidades Culturais, Religião, Arte.

27
Jan 11


 

Mozart nasceu a 27 de Janeiro de 1756, na cidade de Salzburgo, na Áustria.

Foi há 255 anos!

Um menino-prodígio que aos 5 anos  começou a compor obras que ainda hoje ouvimos com enlevo e devoção...

Faleceu com 35 anos de idade...

...mas mantém-se vivo, porque os génios são imortais...

Viva Mozart!!!

 

publicado por Belisa Vaio às 10:40

26
Jan 11

A Rede Globo de televisão começou, ontem uma minisérie contando a vida de Chico Xavier.

 

Lá, passaram um trecho de uma entrevista dele ao programa Pinga Fogo, da extinta TV TUPI, no ano de 1971, que, por acaso, encontramos a entrevista, na íntegra, e a postamos aqui!...

 

É um vídeo um pouco longo, com 1:36 horas, mas vale a pena ver, e constatar, sua sabedoria e bondade!

 

Aos que nunca ouviram falar  do Médium  Chico Xavier, brasileiro que difundiu a doutrina espírita, vale a pena ver, para conhecer este homem simples, que, com apenas alguns anos de estudo do ensino fundamental, psicografou mais de 450 livros, entre os quais O NOSSO LAR, filmado recentemente, e grande sucesso de bilheteria.

 

Vejam a entrevista, de um dos programas que Chico participou, vale a pena!

 

 

 

 

 

SE, APRECIAS O ASSUNTO, PODERÁ GOSTAR TAMBÉM DE :

 

"TINHA QUE IR"

 

 

e

 

 

 

"REENCARNAÇÃO"

 

 

 

 

 

publicado por Bete do Intercambiando às 20:49

22
Jan 11

LINDO TEXTO ESCRITO PELO PROFESSOR DE LINGUA PORTUGUESA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REY : JOSÉ ANTONIO DE OLIVEIRA RESENDE!

 

Este texto nos foi enviado pela amiga Rita, lá de Rio Claro/SP, Brasil, e veio em formato power point, que pretendíamos transformar no Share
(www.slideshare.com  ), para poder fazer a postagem, como o original, pois seu fundo tem lindas fotos da cidade de São João Del Rey, mas,  infelizmente, o Share não aceitou o formato!

 

 

"Sou do tempo em que ainda se faziam visitas. Lembro-me de minha mãe mandando a gente caprichar no banho porque a família toda iria visitar algum conhecido. Íamos todos juntos, família grande, todo mundo a pé. Geralmente, à noite.
Ninguém avisava nada, o costume era chegar de pára-quedas mesmo. E os donos da casa recebiam alegres a visita. Aos poucos, os moradores iam se apresentando, um por um.
– Olha o compadre aqui, garoto! Cumprimenta a comadre.
E o garoto apertava a mão do meu pai, da minha mãe, a minha mão e a mão dos meus irmãos. Aí chegava outro menino. Repetia-se toda a diplomacia.
– Mas vamos nos assentar, gente. Que surpresa agradável!
A conversa rolava solta na sala. Meu pai conversando com o compadre e minha mãe de papo com a comadre. Eu e meus irmãos ficávamos assentados todos num mesmo sofá, entreolhando-nos e olhando a casa do tal compadre. Retratos na parede, duas imagens de santos numa cantoneira, flores na mesinha de centro… casa singela e acolhedora. A nossa também era assim.
Também eram assim as visitas, singelas e acolhedoras. Tão acolhedoras que era também costume servir um bom café aos visitantes. Como um anjo benfazejo, surgia alguém lá da cozinha – geralmente uma das filhas – e dizia:
– Gente, vem aqui pra dentro que o café está na mesa.
Tratava-se de uma metonímia gastronômica. O café era apenas uma parte: pães, bolo, broas, queijo fresco, manteiga, biscoitos, leite… tudo sobre a mesa.
Juntava todo mundo e as piadas pipocavam. As gargalhadas também. Pra que televisão? Pra que rua? Pra que droga? A vida estava ali, no riso, no café, na conversa, no abraço, na esperança… Era a vida respingando eternidade nos momentos que acabam…. era a vida transbordando simplicidade, alegria e amizade…
Quando saíamos, os donos da casa ficavam à porta até que virássemos a esquina. Ainda nos acenávamos. E voltávamos para casa, caminhada muitas vezes longa, sem carro, mas com o coração aquecido pela ternura e pela acolhida. Era assim também lá em casa. Recebíamos as visitas com o coração em festa.. A mesma alegria se repetia. Quando iam embora, também ficávamos, a família toda, à porta. Olhávamos, olhávamos… até que sumissem no horizonte da noite.
O tempo passou e me formei em solidão. Tive bons professores: televisão, vídeo, DVD, e-mail… Cada um na sua e ninguém na de ninguém. Não se recebe mais em casa. Agora a gente combina encontros com os amigos fora de casa:
– Vamos marcar uma saída!… – ninguém quer entrar mais.
Assim, as casas vão se transformando em túmulos sem epitáfios, que escondem mortos anônimos e possibilidades enterradas. Cemitério urbano, onde perambulam zumbis e fantasmas mais assustados que assustadores.
Casas trancadas.. Pra que abrir? O ladrão pode entrar e roubar a lembrança do café, dos pães, do bolo, das broas, do queijo fresco, da manteiga, dos biscoitos do leite…
Que saudade do compadre e da comadre!

 


Texto de José Antônio Oliveira de Resende, professor do Departamento de Letras, Artes e Cultura da Universidade de São João Del-Rei.

 

 

 

 

 

Como Ganhar Dinheiro na Internet
publicado por Bete do Intercambiando às 18:37

21
Jan 11

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não permitamos que o mostrengo do Medo nos manipule...

 

Todos conhecemos a mensagem da "Pedra Filosofal" e acreditamos nela...

 

eles não sabem, nem sonham,

que o sonho comanda a vida,

que sempre que um homem sonha

o mundo pula e avança

como bola colorida

entre as mãos de uma criança.

 

publicado por Belisa Vaio às 15:31

18
Jan 11

Françoise Hardy, nasceu a 17 de Janeiro de 1944. Fez ontem 67 anos!

Com 17 anos lança uma balada, doce mas carismática e ajuda a década de 60 a ficar na  História.

Deixo aqui esse êxito que esteve nos top´s e vendeu mais de 2 milhões de discos...e sorrio ao regressar à minha adolescência...

 

 

 

publicado por Belisa Vaio às 21:45

17
Jan 11

 

 

Não peça eu nunca
para me ver livre de perigos,
mas coragem para afrontá-los.

Não queira eu
que se apaguem as minhas dores,
mas que saiba dominá-las
no meu coração.

Não procure eu amigos
no campo da batalha da vida,
mas ter forças dentro de mim.

Não deseje eu ansiosamente
ser salvo,
mas ter esperança
para conquistar pacientemente
a minha liberdade.

Não seja eu tão cobarde, Senhor,
que deseje a tua misericórdia
no meu triunfo,
mas apertar a tua mão
no meu fracasso!

Rabindranath Tagore, in "O Coração da Primavera"
Tradução de Manuel Simões

publicado por Belisa Vaio às 17:32

14
Jan 11

A sabedoria popular é um conceito demasiado abrangente para se poder traduzir em poucas palavras, como as que aqui cabem.

Somos o que somos como povo e como pessoas, por tudo o que aprendemos com quem nos antecedeu, quer tenha sido por testemunhos passados por via oral, pelos livros que alguém escreveu e lemos, procurando aprendizagem ou diversão, pela imprensa, pelas rádios e televisões, pelo cinema, enfim, por tudo o que nos rodeia.

Por força de muitos factores que não pretendo aqui analisar, sabemos que muitos cidadãos não tiveram acesso a uma boa educação académica e consequentemente a uma cultura mais alargada.

Não há muitos dias ouvi que determinada camada etária não sabia interpretar um texto. Ora, saber ler e entender o que está escrito no papel que temos á nossa frente torna-nos muito mais seguros! Faz-nos donos do mundo!

Lembro-me aqui, do "pânico" que ainda se vê em muitas pessoas, ao pedir-se que preencham um qualquer formulário...

 

Hoje, sinto que os tempos estão a mudar e que é legítima uma nova esperança:

Ouvi que um estudo efectuado e a que faz referência um jornal diário, informa que o programa Novas Oportunidades começa a dar frutos palpáveis!

Os adultos que o frequentaram estão a seguir e a dar mais apoio aos estudos dos próprios filhos!

Que boa notícia!

Apercebi-me da azáfama em que alguns adultos andaram envolvidos ao frequentar os respectivos cursos. Sempre senti que os mesmos eram muito importantes, por tudo o envolvido:

Tomaram melhor consciência de si próprios, aprenderam, conheceram matérias que  de outra forma lhes seriam inacessíveis e creio que todos saíram dessa experiência com mais educação e cultura, começando já a transmitir outros e melhores saberes aos próprios filhos!

Só seremos pessoas mais felizes , capazes de escolher bem os nossos caminhos, se tivermos o gosto de estudar e aprender.

E já agora, deixaremos aos vindouros a honra de herdar uma  sabedoria popular ainda mais sábia e fundamentada!

http://3.bp.blogspot.com/_GAatiaYi1bQ/TSX4Gn-NZWI/AAAAAAAABJ4/0GR5oueUlbk/s1600/Literacy_Day.jpg

 

publicado por Belisa Vaio às 08:48

13
Jan 11

O chimichurri é um tempero tradicional para carnes e churrascos, mas tive uma surpresa bem agradável, com um peixe comido na Rua do Porto em Piracicaba/SP/Brasil.

 

Um restaurante muito simpático, com gente bonita, não tivemos dúvida em parar lá e pedir Filhote Assado! ( que até agora não sei que peixe é esse!).

 

Bem, veio o tal Filhote Assado no sal grosso, e por cima um molho de manteiga, com alguma coisa que não identificamos de imediato o que seria, apenas que era muito, muuuiiiittto bom!

 

Dias depois, por indicação de minha prima, comprei chimichurri, que aqui tem para vender também em saquinhos, e foi então que identificamos o que tinha misturado à manteiga que cobria o tal Filhote!...

 

Depois disso, passei a usá-lo nos peixes que faço em casa, sempre com sucesso!...

 

Ontem, uma notícia triste: A Rua do Porto, com o excesso de chuvas, foi totalmente invadida pelo Rio Piracicaba, e os comerciantes daquela região perderam tudo!

 

 

 

 Foto do Rio Piracicaba

 

 

Mostrando a cidade e o Rio

 

 

A R. do Porto, debaixo d'água!

 

 

 

 Foto gentilmente cedida por Silvio do http://silviomarchini.blogspot.com

 

 

Como Ganhar Dinheiro na Internet
publicado por Bete do Intercambiando às 17:53

10
Jan 11

Acordei no passado fim de semana com a notícia da morte de um conhecido colunista, especialista em comentários sobre o chamado "jet set", que terá sido assassinado por um jovem modelo de Moda.

 

É uma situação demasiado dolorosa para os envolvidos e não pretendo acusar ou defender ninguém.

Apenas quero deixar aqui uma reflexão e muitos dos comentários que tenho ouvido:

 

- A Vida muda quando menos esperamos!

- Ninguém está livre que lhe aconteça algo parecido!

- Que sofrimento o daquela mãe!

- Deu cabo da vida dele!

- Como é possível?

- O Renato? Homossexual? Não! Impensável!

...e muitos, muitos mais...

 

Sou apenas uma simples mãe, que estou solidária com a mãe do Renato, pelo horrível sofrimento que está a viver.

O jovem, sem nada de mau que se lhe apontasse, teve o ensejo de tentar ser modelo de Moda.

Venceu as etapas necessárias e, ao chegar, talvez tenha ficado "deslumbrado" com tantos flashs ...

Cego com tanta luz, talvez não tenha sabido ou querido olhar para o lado negro do submundo da Moda, da fama...

Não soube ou não quis ver que é um sub-mundo com vivências muito excêntricas, diferentes daquelas a que estava habituado a viver...

Jovem, bonito, com corpo apetecível, deixou-se seduzir por companhias que lhe abririam portas inacessíveis.

Mesmo adivinhando o que o esperava, talvez tenha pensado que, para subir na carreira,  seria capaz de engolir alguns sapos...

Não conseguiu.

E com tanta raiva do outro, que, não duvido, tinha outras intenções com o jovem, que não só ajudá-lo a singrar como modelo  e, acredito,  dele próprio,  por ter cedido à sua própria tentação, teve aquela  "explosão" de ódio, que não tem retorno e o levará a uma vida sem futuro.

 

A Justiça tentará fazer o seu melhor, analizando tudo o que aconteceu, também através, entre outros factores, de uma "autópsia psicológica" às circunstâncias em que ocorreu o crime.

O Renato e família, vai sofrer para o resto da vida...carregando sobre os ombros um peso medonho, que lhe é imposto não só por uma morte, mas pelo tal submundo da Moda,  obscuro e traiçoeiro, que enquanto alicía jovens incautos e sonhadores os faz pagar bem caro - geralmente com o corpo -  o preço de uns minutos de Fama.

Valerá a pena?

Creio que Não!

 

 

 

publicado por Belisa Vaio às 19:00

08
Jan 11

Meu pai adorava remédios naturais, mas dizia, que não acreditava nos que eram bom prá tudo!...Eu já adoro os que se dizem bom prá tudo, e, acredito mesmo, que se resolve uma pendenga, pode melhorar outras também!

 

É o caso dos Tibicos, que, prá quem não conhece, são bacilos, que vivem dentro d'água, e cuja alimentação, se é que se possa dizer isso,  é o açúcar mascavo....Conhecem?

 

Algumas pessoas o chamam também de Kefir de Água, Cogumelos do Sol.

 

Eu já o tomo a 4 anos, e só percebi o quanto ele me fazia bem, numa ocasião que viajei, e deixei de tomá-lo!

 

Comecei tomando-o por pura curiosidade, pois a literatura que o acompanhava ( minha amiga fez questão de me enviar tb suas propriedades), prometia:

 

JUNÇÕES: Alivia reumatismo, artrite, tira dor de extremidades musculares;

 

CABEÇA: Mantém a cabeça saúdavel, livre de dores e enxaquecas;

 

CÂNCER: Impede o aparecimento e cura em alguns casos (principalmente o de pele);

 

FÍGADO:Melhora suas funções, amolece o fígado duro e resolve problemas de vesícula;

 

CORAÇÃO: Alivia e melhora doenças cardíacas;

 

MÚSCULOS: Alivia músculos endurecidos e relaxa o músculo da nuca;

 

NERVOS: Cura dores, insônia e tontura;

 

OBESIDADE: Cura obesidade, queimando gorduras (melhora a tireóide);

 

OLHOS: Reabilita a potência e elimina a catarata;

 

CABELO: Reafirma a cor original; evita a calvície;

 

PULMÕES:Fortifica, cura bronquite, asma e elimina a tosse;a s

SANGUE: Baixa o colesterol, amacia as veias e artérias duras, cura alguns tipos de diabetes, diminui a hipertensão e cura hemorróidas;

 

 

Finalmente, mantém o corpo fresco no verão e aquecido no inverno.

 

____________________________________________________________________________________________________________________

 

 

Bem, de minha parte, posso dar testemunho de que me curou umas dores no joelho, dores de cabeça, que eu tinha diariamente, inchaços, intestinos.

Já meu pai, de tanto eu insistir acabou tomando e sua pressão abaixou de 19 para 12.

 

Veja como prepará-lo:

 

 

Oportunamente pretendo fazer meu próprio vídeo!

 

 

 

Como Ganhar Dinheiro na Internet
publicado por Bete do Intercambiando às 12:16

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
15

16
19
20

23
24
25
28
29

30
31


links
PESQUISAR
 
VISITANTES

contador de visitas
NOSSOS AMIGOS
subscrever feeds
blogs SAPO