Este é um blog aberto ao público, para que aqui deixe sua postagem a respeito do tema em seu país. Pode ser a Sabedoria Popular em qualquer área: Saúde, Beleza, Vida, Particularidades Culturais, Religião, Arte.

25
Jul 13

 

Provavelmente muita gente já assistiu ao vídeo que conta sobre os desafios  da construção do hotel Burj Al Arabe em Dubai, mas, encontrei um vídeo da Nat Geo que, confesso, assisti tensa o vídeo todo.

Coloquei-me no lugar daqueles engenheiros e arquitetos e admirei-lhes a ousadia e coragem.

Quem gosta de emoções fortes, não deixe de assistir, pois essas são reais.

 

 
 
 
 
publicado por Bete do Intercambiando às 00:00

20
Jul 13
Estava revendo alguns posts e encontrei esse escrito há 2 anos atrás. Resolvi reproduzí-lo, por motivos óbvios.

 

"Nos propusemos, neste blog, a falar das  sabedorias do povo, mas, acredito que podemos estender nossos assuntos, também pelas sabedorias especiais, para aqueles saberes que transformam o mundo.....A de hoje, é a Sabedoria que Encanta!...Não posso deixar de postar uma das maravilhas feitas pelas mãos do homem: A Fonte Luminosa Burj Dubai, desenhada pela Wet Design, a mesma empresa que desenhou as famosas fontes do Hotel Bellagio de Las Vegas.

A fonte luminosa Burj Dubai é a mais alta do mundo. Custou mais de 200 milhões de euros, é iluminada por mais de 6.500 luzes e 50 projectores de diversas cores. São 275 metros de comprimento e uma capacidade para “disparar” água a  150 metros de altura…

Claro, que o mundo todo já viu, mas o que é Belo é prá se mostrar.

O fundo musical é dos anjos! Sarah Brigthman e Andrea Bocelli!

 

 
Nossos agradecimentos a João Pinheiro pelo vídeo.
publicado por Bete do Intercambiando às 23:05

31
Mai 13

Existe um projeto do governo brasileiro, super bem intencionado, de levar educação musical nas escolas, (o que nunca deveria ter deixado de estar lá), mas, enfim, parece que hoje voltou-se a pensar nisso e já virou lei desde 2011.

Em um destes projetos, André Mehmari, um músico brasileiro que transita do erudito ao popular com a mesma maestria, em um concerto para crianças de 10 a 12 anos em escola Pública de Campinas/SP, foi vaiado e hostilizado por algumas delas.

O músico interpretava uma obra de Ernesto Nazaré (1863-1934), pianista e compositor brasileiro de "Choro".

Outro músico, Sergio Santos, que sofreu algo parecido em escola de classe média alta, dá um relato impressionante sobre o assunto e suas implicações na educação e vida do brasileiro, no blog do Luis Nassif.

E fica aqui a pergunta? Isso acontece só no Brasil?

Será que apenas a educação musical na escola sanará problemas como este? Como consertar algo que, com certeza, vem de casa? Quantas gerações será preciso para voltarmos a ter pais e mães educadores?

A seguir, vídeo de André Mehmari, interpretando "Famoso" de Ernesto Nazaré.

 

publicado por Bete do Intercambiando às 23:37

10
Nov 12

Lindo vídeo produzido pelo Centro Espírita Fraternidade de Avaré/SP/Brasil, na voz de Moacir Reis, com um texto de Willian Shakespeare.

 

publicado por Bete do Intercambiando às 02:18

18
Jul 12

Hoje, na novela "Amor Eterno Amor", da Redeglobo, foi o casamento de Gabriel ( pai de 3 filhas e uma sogra) e de Beatriz ( mãe de 1filho, 1 filha, mais um pai), que reunirão todos os agregados para morar sob o mesmo teto, bem no estilo " Os teus, os meus e os nossos".

 

O casamento foi de grande emoção, com a filha de Gabriel, Gabi, dona de uma linda e doce voz, cantando "SE EU QUISER FALAR COM DEUS"!

 

Como não tenho a cena do casamento gravada, busquei todas as interpretações desta linda música, cuja letra é de Gilberto Gil, e foi impossível não se emocionar com a interpretação em Capela, de nossa saudosa Elis Regina.

 

A Letra, por si só, já dá um tratado filosófico, e com esta interpretação, é de arrepiar!

 

 

 

Se eu quiser falar com Deus
Tenho que ficar a sós
Tenho que apagar a luz
Tenho que calar a voz
Tenho que encontrar a paz
Tenho que folgar os nós
Dos sapatos, da gravata
Dos desejos, dos receios
Tenho que esquecer a data
Tenho que perder a conta
Tenho que ter mãos vazias
Ter a alma e o corpo nus
Se eu quiser falar com Deus
Tenho que aceitar a dor
Tenho que comer o pão
Que o diabo amassou
Tenho que virar um cão
Tenho que lamber o chão
Dos palácios, dos castelos
Suntuosos do meu sonho
Tenho que me ver tristonho
Tenho que me achar medonho
E apesar de um mal tamanho
Alegrar meu coração
Se eu quiser falar com Deus
Tenho que me aventurar
Tenho que subir aos céus
Sem cordas pra segurar
Tenho que dizer adeus
Dar as costas, caminhar
Decidido, pela estrada
Que ao findar vai dar em nada
Nada, nada, nada, nada
Nada, nada, nada, nada
Nada, nada, nada, nada
Do que eu pensava encontrar 

 

Elis Regina e Gilberto Gil, numa foto da Revista Época

publicado por Bete do Intercambiando às 23:48

12
Abr 12

Gosto de tudo que se relaciona com nossa língua! Expressões idiomáticas, etimologia das palavras, novas expressões que vão surgindo, outras que entraram em desuso. Lá no Intercambiando, tenho até um link sobre o assunto.

 

Estávamos reunidos no sábado de manhã em casa de minha mãe tomando nosso desjejum, alegres,  pois não é sempre que temos esta oportunidade de nos reunir. Os cachorros ( Elvira e Robinho) em volta da mesa fazendo festinha prá ganhar alguma coisa.

 

 Robinho, foi um " presente de grego" que minha mãe ganhou de uma das netas! Mas vive às turras com ele pois, como todo bebê, até criar juízo vai longe. Já aprontou poucas e boas!..Dos canteiros que ela tanto estima não sobrou quase nada. Pouco entra em casa, porque todo cuidado com ele é pouco.

 

Mamãe, por sua vez, não quer abrir mão do pestinha pois já se afeiçoou, mas não consegue passar algumas horas sem reclamar de suas artes...E, prá variar, reclamava dele no café da manhã.

 

- Isso é um " fadário"! disse ela...

 

Como este termo nunca ouvimos por aqui, a não ser dentro de nossa casa, começamos a rir! Sempre achamos que essa seria alguma palavra inventada por ela, ou pela mãe dela, ou talvez pela avó dela.

 

Mas, qual não foi a surpresa, ao procurar no "Aurélio":

 

Fadário: Destino traçado pelo sobrenatural, vida difícil e trabalhosa!

 

Imagine se rimos pouco sobre o assunto! Virou a chacota do dia!

 

 O Fadário no colo de sua dona. Esta foto é da Páscoa de 2011, dia do "presente" 

 

 

 

 

 

publicado por Bete do Intercambiando às 21:26

01
Abr 12

 

Hoje, ao passar o olhar pela estante dos meus livros, dei de caras com um título sugestivo: SIMPLIFIQUE A SUA VIDA.

De Elaine St. James, faz parte da coleção XIS, editada há uns anos pelo jornal Público.

De leitura muito fácil e cheio de dicas mais que atuais, não resisto a deixar aqui algumas delas muito resumidas, mas que, postas em prática, nos  ajudarão a ter mais qualidade de vida!

 

Então vejamos:

 

- Que tal libertarmo-nos de toda a "tralha" que já não usamos?

- Pode parecer ousado...mas...e se pudéssemos trocar a nossa casa tão grande, onde nos cansamos tanto e cuja manutenção fica tão cara, por    outra mais pequena e suficiente para nós?

- E se simplificássemos os nossos hábitos alimentares - de acordo com a nossa idade e saúde -, se repensássemos os nossos hábitos de compras e se fossemos capazes de reduzir, ou até "cortar",  as nossas necessidades de bens e serviços?

- E...também libertarmo-nos de compromissos, pessoas e obrigações que nos causam Stress, por nos impedirem de fazer as coisas de que realmente gostamos?

 

Acredito que são sugestões apetecíveis e muitas outras haverá que nos ajudarão a simplificar o nosso dia a dia, criando mais espaços para melhor Saborear a Vida!

 

Simplifique e Desfrute!

  

 

publicado por Belisa Vaio às 21:22
tags:

09
Fev 12

Conhecemos há alguns dias uma graça de menina chamada Maria da Lua.

O que escreve, é bom de se ler, motivante, "pega na veia", como se diz por aqui!...Em poucas palavras e poucas imagens, ela consegue tudo isso!...Bendita Maria!

Hoje ela escreveu sobre o medo, e coloco aqui, o link para que possam averiguar, se tenho ou não razão: http://estoriasdelua.blogs.sapo.pt/39712.html

Isso fêz me lembrar, uma ocasião, em que todos os dias, recorrentemente, eu sonhava com o bicho...aquele sabe, que a gente nem gosta de falar o nome!...Ele vinha de olhos vermelhos, e eu acordava assustada, com o coração acelerado...Um dia, eu disse a mim mesma: Hoje vou enfrentar a "Fera".

E, quando à noite, ela veio me assutar com aqueles olhos vermelhos, eu lhe disse: Saia daqui, não tenho medo de você!...Saia, saia!...E ela saiu, e nunca mais voltou!

...Até hoje, quando conto esta história, me arrepio toda, respiro fundo, e sinto-me feliz, por ter expulsado este Medo de minha vida!

Maria disse que gosta de caixas...Eu adoro fazer caixas rsrsrsrss...talvez fazê-las, tenha feito parte do processo de expulsar medos e depressões!

Então envio à Maria, virtualmente, uma Caixa que fiz à minha filha, no natal de 2010.

 

 

 

 

 

publicado por Bete do Intercambiando às 18:45

05
Dez 11

Gosto de Carlos Drumond de Andrade, porque sua fala é de uma beleza e simplicidade, que não tem como não compreender e gostar!

 

Aqui ele nos fala de uma Casa e sua Arrumação:

 

Casa arrumada  é assim: 

Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa
entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um
cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os
móveis, afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:
Aqui tem vida...
Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras
e os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições
fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,
passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos...
Netos, pros vizinhos...
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca
ou namora a qualquer hora do dia.
Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.
Arrume a sua casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar.

 

publicado por Bete do Intercambiando às 02:38

26
Out 11

Para o interiorano paulista,  ir à São Paulo dirigindo, quando não se faz isso amiúde, é sempre uma mistura de frio na barriga e excitação, pois tudo aquilo é tão grande, tão repleto de ruas, avenidas, alamedas, travessas, praças, em meio a um turbilhão de automóveis, businas, semáforos, placas indicativas, e tudo tem que ser muito...muito rápido, porque, uma bobeada na direção a seguir, pode lhe causar uma série de transtornos.

 

 

Eu, confesso: já amei muito tudo isso!...Quando ia com mais frequência a trabalho, adorava e aproveitava para ver tudo que, naquela época, não tínhamos no interior: Grandes shoppings centers, lojas finas, feiras de utilidades domésticas, museus, feiras de decoração!

 

Hoje, felizmente, nosso interior também tem quase tudo do que tem lá, e a gente acaba ficando numa zona de conforto e não sente mais vontade de sair dela.

 

 

Mas, há que se tentar sair, para que não fiquemos presos em nossas próprias armadilhas!... E, depois que se vai, tem muita coisa que vale a pena.

 

Ver o Masp, na outra ponta da avenida Paulista, é uma delas

 

 

 

Os Outdoors,  que sempre dão a sensação de se estar na Metrópole

 

 

E, de repente, em um muro qualquer, uma Intervenção de um artista anônimo

 

 

 

Construções arrojadas, como o Instituto Tomie Otake

 

 

 

 Convivendo com construções de outros períodos da história da cidade, como a Pinacoteca do Estado

 

 

 

E, no meio do burburinho desta movimentação toda, de repente uma ruela, que parece ser de uma cidadezinha do interior. Esta está bem atrás do Masp, próxima a Av. Paulista.

 

 

Por hoje é só!...Tem tanto prá falar e mostrar que precisará muitos posts!

 

Continua lá no Intercambiando

publicado por Bete do Intercambiando às 00:28

Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


links
PESQUISAR
 
VISITANTES

contador de visitas
NOSSOS AMIGOS
subscrever feeds
blogs SAPO