Este é um blog aberto ao público, para que aqui deixe sua postagem a respeito do tema em seu país. Pode ser a Sabedoria Popular em qualquer área: Saúde, Beleza, Vida, Particularidades Culturais, Religião, Arte.

26
Set 10

 

 

"Cada minuto que passa,pode ser tudo o que me resta a viver!...E eu  desperdiço o tempo, como se ele fosse infinito" !

 

Com esta frase, atribuída a Pedro Cassiano Aguilar, terminou, ontem a novela das 6,00 horas, na Rede Globo "Escrito nas Estrelas"!

 

Graças a ela, tive, ontem, em meu blog Intercâmbiando ( http://intercambiando.blogs.sapo.pt ) o meu maior índice de entradas, registrado até agora....E não foi pouca gente!

 

Claro, que o mérito é todo de Elizabeth Jhin, autora da novela, e da Rede Globo e toda sua equipe, pela excelente produção!

 

Mas, as pessoas que acederam ao blog, estavam, comprovadamente, a procura desta frase e de Pedro Cassiano Aguilar, como pude constatar pelas estatísticas do Geovisite.

 

 A frase é realmente muito significativa, mas fica aqui uma pergunta:

 

Porque tanto interesse exatamente, nesta frase?...Deve haver aí, algum significado!...Seria a vontade de saber mais sobre um assunto que realmente assola a humanidade: a brevidade da vida, o mau aproveitamento do tempo?...Seria o interesse em conhecer obras do suposto autor Pedro Cassiano de Aguilar?...

 

Sinto que as pessoas realmente estão buscando alguma coisa em que possam acreditar, que possam lhes dar direções e esperanças!!!!!

 

 DIA 27 DE NOVEMBRO DE 2010 : GENTE DÁ UMA OLHADINHA NOS COMENTÁRIOS, E VEJAM QUEM VEIO AQUI, HOJE!...NÃO ESTOU ME AGUENTANDO DE EMOÇÃO!...SERÁ ELE MESMO, OU ALGUÉM QUERENDO TIRAR UMA ONDA COMIGO?...SEJA LÁ QUEM FOR, SÓ PODE SER O AUTOR DESTA COISA MAIS LINDA QUE ELE NOS DEIXOU!

 

SEGUNDA-FEIRA, 29 DE NOVEMBRO DE 2010 - Parte do mistério esclarecido por Elizabeth Jihn, autora da novela:

 

http://sabedoriapopular.blogs.sapo.pt/27058.html

 

 

 

 OS PRINCIPAIS PROTAGONISTAS DA NOVELA: RICARDO AGUILAR, VIVIANE (VALENTINA, VITÓRIA  ) DANIEL AGUILAR

 

 

 

Como Ganhar Dinheiro na Internet
publicado por Bete do Intercambiando às 19:18

Não sou um personagem fictício. Eu existo... eis o meu poema "Areias do Tempo":

Cada volta que o ponteiro do relógio dá
Acelera o passo da minha vida
Encurta minha história e antecipa meu fim
Que tem hora marcada pra chegar
Mas que eu desconheço

Cada um de nós é como um livro
Que guarda sua própria história
Com início, meio e fim
Nosso corpo é só uma casa onde a alma habita
E a morte é o último vôo de nossa alma
Que parte por não caber mais nessa casa
Como se quisesse começar uma nova história, um novo livro

Cada minuto que passa pode ser tudo que me resta para viver
Mas eu desperdiço o tempo como se ele fosse infinito
Penso, logo sei que existir é uma circunstância
Que a vida acontece num sopro de Deus
E a chama permanece acesa enquanto estamos vivos

Cada pessoa tem uma criança aprisionada dentro de si
A criança que fomos nunca muda
Nosso corpo é que envelhece ao redor dela
Eu queria viver minha infância toda outra vez
Mas a ampulheta do tempo eu não posso virar
Pedro Cassiano Aguillar a 27 de Novembro de 2010 às 21:16

Estou estupefata!...É você mesmo , ou está zoando comigo?...Que o poema é maravilhoso, é inegável!...Você é a Elizabeth Jhin?...Por favor preciso saber a verdade, até para me redimir!
Prometa-me que vai voltar com uma prova da sua existência rsrsrsrsrsrsrs, por favor, por favor, por favor!
Bete

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
17
18

19
20
22
25

28
29


links
PESQUISAR
 
subscrever feeds
blogs SAPO