Este é um blog aberto ao público, para que aqui deixe sua postagem a respeito do tema em seu país. Pode ser a Sabedoria Popular em qualquer área: Saúde, Beleza, Vida, Particularidades Culturais, Religião, Arte.

09
Set 10

Está se mudando para Lisboa a Cantora de Jazz, americana, Stacey Kent.

Ontem, no Programa do Jô, ela contou em bom Português, com um delicioso sotaque Francês ( ela tem o francês, como sua segunda lingua), que optou por Lisboa, por ser uma cidade das mais agradáveis, sem ser grande demais.

Para quem desejar ver a entrevista na integra, basta acessar:http://programadojo.globo.com/programa/2010/09/08/cantora-stacey-kent-fala-sobre-sua-infancia/

publicado por Bete do Intercambiando às 03:58

03
Set 10

 

 

Há alguns anos fui ,de propósito, passar um fim-de-semana a Vilar de Perdizes. Mas numa data especial: coincidia com o Congresso que anualmente ali se realiza, nos primeiros dias de Setembro.

A curiosidade era muita e o imaginário alimentado pelo desconhecido...Bruxarias e companhia...e ainda mais com um Padre metido pelo meio...

Região do norte de Portugal, isolada pela natureza e pelo esquecimento político, mas de conteúdo riquíssimo, a confinar com terras de Espanha, com quem a população quase se identifica.

Cheguei e rendi-me...

A Sabedoria Popular estava ali a ser Prestigiada pela mão do querido Padre Fontes...

Há 25 anos que ele tomou em mãos a tarefa de reabilitar essa sabedoria, do fundo dos baús do esquecimento e do menosprezo.

Positivamente, ele fez renascer o conhecimento ancestral de tudo o que enforma a Vida.

Gente de economia rural, de pastorícia e fumeiro, passou de novo a usar tudo o que a Mãe Natureza oferece na cura de doenças e maleitas do corpo e da alma...

Chás e mézinhas, rezas e benzeduras, curandeiros e magias, noites de bruxas com rituais á volta de caldeirões fumegantes...que sei eu...

Assisti, boquiaberta e fascinada a palestras e rituais...

Rendi-me ingenuamente e com ternura à magia da ocasião e venerei a memória do Povo que se engrandece, orgulhando-se da sua Sabedoria Popular...

Neste fim de semana vá a Vilar de Perdizes!!!

 

Saiba mais em:

http://vilar-de-perdizes.blogspot.com/

publicado por Belisa Vaio às 11:28

02
Set 10

Domingo às 17:30 hs liguei para minha filha que mora em Curitiba, e ela me disse: Adivinhe onde estou?...Claro que eu jamais poderia imaginar que àquela hora ela estaria, no Cume de um morro.

Na verdade o passeio seria para o Pico Paraná, que é o 5º maior Pico brasileiro, o maior da região sul, e faz parte da cadeia de montanhas que compõem a Serra do Mar.... Mas como saíram um pouco tarde, acabaram ficando a 1/3 do caminho, no Morro do Getúlio. Isso tudo fica a mais ou menos 1 1/2 hora, de carro de Curitiba.

Imaginem se fiquei pouco aflita, pois dentro de meia hora já estaria tudo escuro.

Bem, mas pontos mesmo foi para o marido e a filha que ficaram em casa, esperando.....e sem reclamar!

publicado por Bete do Intercambiando às 16:33

01
Set 10

 

Há dias, dei por mim a constatar que, se quisermos conhecer bem a nossa terra, temos que nos vestir de turistas...por dentro e por fora...

Nada como vestir roupa adequada, leve, solta, pés confortáveis, chapéu na cabeça e máquina pronta a disparar...

Se teimarmos em sair para explorações, com a farda do costume, não dá...há um bloqueio qualquer que nos inibe de ser livres e o preconceito fala mais alto: os nossos olhos não conseguem descobrir nada novo e há-de aparecer alguém conhecido que fica muito admirado se nos ver de máquina em punho, a fixar a estátua ou o passarinho...e pensa que não estamos bem, ou que nos deu um ataque de sensibilidade até agora desconhecido.

É verdade!

Pois desde que descobri que armar-me em turista, de verdade,  é muito mais gratificante...não quero outra coisa...

Isto para dizer que, em Agosto, fiz-me turista...em Coimbra, claro...

Não coloco todas as fotografias que fiz, pois prefiro mostrar um vídeo mais esclarecedor...

E aqui está o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha.

Tenho por este lugar um sentimento muito especial.

Desde criança, habituei-me a vê-lo, afundado em água pantanosa e silvas, até ao 1º.andar!

Os estragos do tempo e das cheias do rio Mondego, atolaram-no durante séculos.

De facto, pouco tempo depois da sua construção, as bondosas freiras Clarissas (da ordem de Santa Clara de Assis), viram-se forçadas a construir outro convento (Santa Clara-a-Nova), mais elevado e que se vê, mesmo no alto da fotografia, a toda a largura.

Séculos passados, subsídios e boa vontade e anos de intenso trabalho, puseram a descoberto um dos locais onde também viveu a nossa Raínha Santa Isabel...

E o milagre aconteceu. Hoje é um Monumento de grande beleza.

Aberto há pouco mais de um ano, é um dos locais de visita obrigatória e um livro aberto da nossa História.

 

 

 

 

publicado por Belisa Vaio às 21:47

Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
17
18

19
20
22
25

28
29


links
PESQUISAR
 
subscrever feeds
blogs SAPO