Este é um blog aberto ao público, para que aqui deixe sua postagem a respeito do tema em seu país. Pode ser a Sabedoria Popular em qualquer área: Saúde, Beleza, Vida, Particularidades Culturais, Religião, Arte.

22
Dez 10

A Tia Alzira é uma octogenária, muito sã e escorreita, que vive ali ao fundo da rua...

Em tempo de fartura de flores, convida-me a ir até ao quintalinho dela, apanhar as que quiser...

E eu vou, delicio-me com a conversa e aprendo sempre alguma coisa...

Há tempos falou-me das virtudes daquela planta, lá do canto,  tão verde, viçosa e cheirosa...a hortelã-pimenta, a mesma que se usa em drinks...

Algumas folhinhas verdes, ou depois de secas, fazem um chá perfumado que muito alivia as digestões difíceis...

E agora que se aproximam os dias fartos de Natal e Ano Novo...é remédio santo...

publicado por Belisa Vaio às 21:44

Pelo Natal, todas as mesas de consoada ficam mais ricas com um Bolo Podre...

 

...naquele tempo, a receita completa da minha Avó, dava sempre para dois bolos. Parece que os estou a ver...e a saborear...

Medidas exactas? Mais ou menos...a olho...bem...1 kg de açúcar...1 kg de farinha...e eu ficava na mesma...

Um dia, próximo do seu fim, depois de algumas tentativas da minha parte em fazer o dito, meio frustradas também, consegui chegar a um consenso com ela e acertar as doses desejáveis...para meia receita, claro.

E agora sim...é aquele sabor...

 

- 3 ovos

- 1/2 kg de açúcar

- 1 colher de sopa de manteiga

- raspa de um bom limão

- 1 colher de sobremesa, cheia de canela

- 1 colher de chá de bicarbonato de soda, rasa.

- 1/2 de farinha Branca de Neve

- 1 chávena de chá de leite

- 1 chávena bem cheia de passas de uva e nozes partidas

 

Numa tigela, batem-se muito bem os ovos inteiros.

Junta-se, aos poucos, o açúcar continuando a bater...

A seguir, junta-se a manteiga derretida em banho-maria, a raspa de limão, a canela e o bicarbonato de soda.

Segue-se a farinha,  aos poucos e alternadamente com o leite.

Deve ficar uma massa , eu diria, grosseira.

Por fim, envolver as passas e as nozes.

 

Ligar o forno.

Barrar a forma com manteiga, polvilhar com farinha e distribuir a massa.

 

Levar ao forno já quente, para "pular".

 

Passados cerca de 10 minutos, reduzir o calor e deixar cozer lentamente mais uns 40 minutos.

Pode testar se está cozido, espetando um palito na massa...

 

Segredo: Costumo pôr no lastro do forno uma vasilha com água. O vapor que se forma não deixa que o bolo seque e não deixa queimar por baixo...

 

Feliz Natal para a Bete, para a Maria e para todos os que nos vão fazendo companhia!

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Belisa Vaio às 08:36

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
15
16
17
18

20
21
24
25

26
28
29
30


links
PESQUISAR
 
subscrever feeds
blogs SAPO