Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SABEDORIA POPULAR

Este blog pretende apenas contar histórias de lá e de cá. De tu, de mim, de nós! Não tem ambições...apenas desejos de encontro!

SABEDORIA POPULAR

Este blog pretende apenas contar histórias de lá e de cá. De tu, de mim, de nós! Não tem ambições...apenas desejos de encontro!

Broinhas Portuguesas para comemorar dez anos de uma amizade que nasceu no SAPO

Este ano de 2020 faz 10 anos que Belisa, portuguesa, e eu, brasileira, nos conhecemos aqui pelo Sapo. Ela com o blog dela, eu com o meu, começamos a nos identificar pelo caráter de nossos posts e as sensibilidades de cada uma... Até que resolvemos criar este nosso Sabedoria Popular, sem pretenção nenhuma senão a de contarmos sobre os cotidianos brasileiros e portugueses, suas histórias, costumes, lendas, mézinhas e tudo mais que constituem nossas culturas... Mas, um dia, Belisa não quis mais escrever, nem aqui, nem lá no dela, e o Sabedoria Popular perdeu toda sua razão de ser.

Mesmo assim, nossa amizade continuou, foi crescendo, até que no final de 2014 Belisa veio ao Brasil e passamos alguns dias juntas. Quando partiu deixou saudades em toda a nossa família, fez outras amizades por aqui, e uma sensação, para mim ao menos, de que não tínhamos ficado tempo suficiente juntas para entendermos nossas culturas, cozinharmos (parece estranho falar disso, afinal ninguém viaja de tão longe para cozinhar rsrsrsrsr), visitarmos lugares.

Este ano ela voltou,

família .jpeg

ficou um pouco mais, cozinhamos! Ela nos fez o Bolo Podre de sua Avó, broinhas portuguesas, (que é diferente da nossa que é de fubá), e viajamos com minha filha. Belisa queria conhecer lugares que tivessem marcadamente a passagem dos portugueses pelo Brasil.

A intençao era ir até Ouro Preto, mas a iminência de rompimento das barragens daquela região nos deixou temerosas e acabamos indo apenas até Tiradentes onde as marcas da colonização portuguesa estão por toda parte. 

Tiradentes.4.jpg

Tiradentes.14 (2).jpg

Até qualquer dia, minha amiga, e tomara que você volte ao Brasil e a escrever.

 

E aqui a receita das Broinhas que Belisa nos premiou

130 g de nozes

200g de uvas passas

1 kg de batata crua (cozinha com um pouco de sal)

l/2 kg de farinha de trigo

1/2 kg de açúcar

4 ovos inteiros batidos com o açúcar

Raspas de limão siciliano (faz toda a diferença)

2 colheres de sopa, rasa, de fermento em pó

Amasse as batatas cozidas com um garfo e misture-a aos demais ingredientes. Em cima de um pano de prato, espalhe um pouco de farinha de trigo e vá colocando as broinhas às colheradas e coloque-as numa forma untada. Leve ao forno até que fiquem levemente douradas. 

É uma delícia, podes crer!