Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SABEDORIA POPULAR

Este blog pretende apenas contar histórias de lá e de cá. De tu, de mim, de nós! Não tem ambições...apenas desejos de encontro!

SABEDORIA POPULAR

Este blog pretende apenas contar histórias de lá e de cá. De tu, de mim, de nós! Não tem ambições...apenas desejos de encontro!

27.11.10

ESTOU ESTUPEFATA!...PEDRO CASSIANO AGUILLAR ME ESCREVEU


Bete do Intercambiando

Gente, estou embasbacada!...

Pedro Cassiano Aguilar apareceu aqui no blog, e nos deixou seu espetacular poema, por inteiro!

Ele disse: Não sou um personagem fictício. Eu existo... eis o meu poema "Areias do Tempo":


Cada volta que o ponteiro do relógio dá
Acelera o passo da minha vida
Encurta minha história e antecipa meu fim
Que tem hora marcada pra chegar
Mas que eu desconheço

Cada um de nós é como um livro
Que guarda sua própria história
Com início, meio e fim
Nosso corpo é só uma casa onde a alma habita
E a morte é o último vôo de nossa alma
Que parte por não caber mais nessa casa
Como se quisesse começar uma nova história, um novo livro

Cada minuto que passa pode ser tudo que me resta para viver
Mas eu desperdiço o tempo como se ele fosse infinito
Penso, logo sei que existir é uma circunstância
Que a vida acontece num sopro de Deus
E a chama permanece acesa enquanto estamos vivos

Cada pessoa tem uma criança aprisionada dentro de si
A criança que fomos nunca muda
Nosso corpo é que envelhece ao redor dela
Eu queria viver minha infância toda outra vez
Mas a ampulheta do tempo eu não posso virar
Pedro Cassiano Aguillar a 27 de Novembro de 2010 às 21:16
 

 

Quando escrevi o Post " A Comoção por uma frase", não encontrei o menor vestígio dele, e supus que fizesse parte do imaginário de Elizabeth Jihn!

Pedi a ele que nos dê uma prova de sua existência ( rsrsrsrsrsrs)..... isto aqui está até parecendo coisa de outro mundo!

Pedro Cassiano Aguillar, o mundo quer te ver!

 

Segue link de seu comentário:   http://sabedoriapopular.blogs.sapo.pt/18317.html?thread=52621#t52621

 

 

Como Ganhar Dinheiro na Internet

6 comentários

  • Nair
    Esta novela foi um sucesso total aqui no Brasil e, o mais interessante é que atingiu todas as faixas etárias....Eu não perdia um capítulo!
    Quando acabou, escrevi um post sobre o assunto, e tive a maior surpresa com a repercussão que teve ...Até hoje, 3 meses após o término dela, ainda tem gente entrando no blog para saber mais sobre Pedro Cassiano de Aguilar.
    Comecei a pesquisar, e não encontrava nada....Até o dia que recebi este poema, aqui no blog, de alguem dizendo que era o Próprio....Nossa fiquei sem fala, quando li...Confesso que foi uma grande emoção, além do que, que o poema é lindíssimo, tocante mesmo!
    Escrevi ao remetente, mas, até hoje não obtive mais nenhuma resposta.
    Mas, acabei me deparando com isto, no Vídeo Show, um programa de variedades que passa a anos aqui no Brasil, dê uma expiadinha: É um depoimento da própria Elizabeth Jihn autora da novela

    http://sabedoriapopular.blogs.sapo.pt/27058.html


  • Sem imagem de perfil

    Nair Teles

    09.12.10

    Ontem mesmo, logo após o meu post encontrei essa explicação da autora. Não conhecia esta autora brasileira, mas agora vou tentar manter-me a par dos trabalhos dela.
    Houve 2 coisas que me deixaram curiosa:
    Uma é se a 2ª série já está no ar aí no Brasil ou se já está a ser gravada, outra todo o poema é da autora, correcto? Gostaria de postar esse poema no meu blog, mas com os devidos créditos.

    Se souber me responder a essas 2 questões ficaria muito grata

  • Nair
    Ainda não está passando a 2ª parte aqui, pois, a Escrito nas Estrelas terminou em Setembro, e, portanto, acho que ainda vai uns 3 meses prá terminar a que ficou no lugar!
    Quanto ao poema, se você quer colocá-lo em seu blog, dê o crédito a quem se identificou, ou seja: Pedro Cassiano de Aguilar! Afinal alguém esteve aqui, pôs o poema e disse que era Pedro Cassiano de Aguilar....Se quiser conte toda história, dentro da história rsrsrsrsrsrsrs!...Faça como achar melhor, afinal, o PCA da novela, é a própria Elizabeth Jihn, mas, quem garante que quem aqui estve, não é um grande poeta que quer se identificar como PCA, afinal, o que ele escreveu é maravilhoso e digno de credito, não acha?
    Tentei clicar em teu blog, mas seu nome não está clicando, você poderia nos deixar o endereço dele, para te fazermos uma visita?
    Um Abraço
    Bete
  • Sem imagem de perfil

    Nair Teles

    10.12.10

    Boa tarde Bete

    Claro que merece muitos créditos, o poema como eu já tive oportunidade de dizer, é lindo.

    deixo o meu blogue para vocês passarem por lá sempre que queiram

    http ://bijuteriasnair.blogspot.com

    Vou passando por cá, gostei muito deste blogue e já visitei o intercambiando também
    Continuem ;)

    Abraço
    Naí Teles
  • Sem imagem de perfil

    Nair Teles

    10.12.10

    http://bijuteriasnair.blogspot.com

    será que fica agora ????

    :DDD
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.