Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SABEDORIA POPULAR

Este blog pretende apenas contar histórias de lá e de cá. De tu, de mim, de nós! Não tem ambições...apenas desejos de encontro!

SABEDORIA POPULAR

Este blog pretende apenas contar histórias de lá e de cá. De tu, de mim, de nós! Não tem ambições...apenas desejos de encontro!

FLORBELA ESPANCA

Hoje,  no dia internacional da Mulher, estreia em Portugal um filme sobre a vida de Florbela Espanca.

Pela apresentação, sinto que é uma homenagem à mulher poetisa que teve a ousadia de desnudar e franquear a sua alma sofrida e inquieta, numa época longínqua - 1894-1930,  pejada de preconceitos e tabus.      

A sua curta de vida de 36 anos, plena de episódios intensamente trágicos que retratou em poemas de angustias tremendas, faz dela uma Mulher que afirmou corajosamente a sua condição. 

 

 

Exaltação


Viver!... Beber o vento e o sol!... Erguer
Ao Céu os corações a palpitar!
Deus fez os nossos braços pra prender,

E a boca fez-se sangue pra beijar!

A chama, sempre rubra, ao alto, a arder!...
Asas sempre perdidas a pairar,
Mais alto para as estrelas desprender!...
A glória!... A fama!... O orgulho de criar!...

Da vida tenho o mel e tenho os travos
No lago dos meus olhos de violetas,
Nos meus beijos extáticos, pagãos!...

Trago na boca o coração dos cravos!
Boémios, vagabundos, e poetas:
Como eu sou vossa Irmã, ó meus Irmãos!...

 

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.