Este é um blog aberto ao público, para que aqui deixe sua postagem a respeito do tema em seu país. Pode ser a Sabedoria Popular em qualquer área: Saúde, Beleza, Vida, Particularidades Culturais, Religião, Arte.

08
Mar 12

Hoje,  no dia internacional da Mulher, estreia em Portugal um filme sobre a vida de Florbela Espanca.

Pela apresentação, sinto que é uma homenagem à mulher poetisa que teve a ousadia de desnudar e franquear a sua alma sofrida e inquieta, numa época longínqua - 1894-1930,  pejada de preconceitos e tabus.      

A sua curta de vida de 36 anos, plena de episódios intensamente trágicos que retratou em poemas de angustias tremendas, faz dela uma Mulher que afirmou corajosamente a sua condição. 

 

 

Exaltação


Viver!... Beber o vento e o sol!... Erguer
Ao Céu os corações a palpitar!
Deus fez os nossos braços pra prender,

E a boca fez-se sangue pra beijar!

A chama, sempre rubra, ao alto, a arder!...
Asas sempre perdidas a pairar,
Mais alto para as estrelas desprender!...
A glória!... A fama!... O orgulho de criar!...

Da vida tenho o mel e tenho os travos
No lago dos meus olhos de violetas,
Nos meus beijos extáticos, pagãos!...

Trago na boca o coração dos cravos!
Boémios, vagabundos, e poetas:
Como eu sou vossa Irmã, ó meus Irmãos!...

 

publicado por Belisa Vaio às 21:04

Tomara chegue logo aqui, o filme! Irei, com certeza, assistí-lo para conhecer um pouco mais desta poetisa!
Um grande abraço,amiga!
Bete do Intercambiando a 12 de Março de 2012 às 00:04

Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


links
PESQUISAR
 
blogs SAPO