Este é um blog aberto ao público, para que aqui deixe sua postagem a respeito do tema em seu país. Pode ser a Sabedoria Popular em qualquer área: Saúde, Beleza, Vida, Particularidades Culturais, Religião, Arte.

25
Ago 10

Por sugestão de nossa querida amiga Maria, vamos tentar mostrar um pouco da presença Portuguesa em nossas cidades brasileiras.

Até que não façamos nós mesmos algumas viagens pelas cidades, onde estas marcas são mais evidentes, vamos mostrando alguma coisa que conseguimos.

S.Vicente, foi a primeira cidade do Brasil.

Uma  expedição portuguesa comandada por Gaspar de Lemos chegou aqui, em 22 de janeiro de 1502, deu à ilha o nome de São Vicente, pois o local era conhecido, até então, como Ilha de Gohayó.

Outro navegador português, Martim Afonso de Sousa, chegou aqui exatamente 30 anos depois, em 22 de janeiro de 1532. Ele foi enviado pela Coroa Portuguesa para constituir aqui a primeira Vila do Brasil e resolveu batizá-la reafirmando o nome do santo daquele dia, São Vicente, pois era reconhecidamente um católico fervoroso.

A pequena povoação se organizou e começou a ser reconhecida na Europa como eficiente ponto de parada para reabastecimento e tráfico de escravos índios. Tanto isso é verdade que o porto que aqui existia já constava em um mapa feito em 1501 e trazido por Américo Vespúcio na expedição de Gaspar de Lemos.

Os primeiros moradores viviam em harmonia com os índios e exerciam o livre comércio com os aventureiros que para cá vinham, fornecendo-lhes farinha de mandioca, milho, carne, frutas, água e artefatos de couro, e recebendo em troca roupas, armas e ferramentas.
Bem, isso foi realmente o começo. A historia, depois continua com a chegada dos Jesuitas, e seu bonito trabalho junto aos índios.

Aqui a Foto da "Biquinha de Anchieta", construída em 1553, e, intacta até hoje no local.

Serviu de abastecimento de água, durante séculos...Conta-se que era ao redor dela que o Jesuita catequizava os índios.

Hoje, além da Biquinha, possui também uma estátua em tamanho natural em homenagem a Anchieta, e boxes onde são vendidos deliciosos doces, tradicionais da cidade.

 

FOTOS DA CIDADE HOJE

 

 

publicado por Bete do Intercambiando às 00:54

24
Ago 10

[sao+bartolomeu+0.jpg]

 

Diz a lenda, que S. Bartolomeu nas suas andanças pelo mundo, retirou o diabo do corpo de um jovem doente, e depois aprisionou-o para que não fizesse mais estragos...

Na verdade, as imagens do santo, são disso testemunho...como era difícil segurar o mafarrico,  mostram-no acorrentado, para que não fuja!

Mas, santo é santo...e tolerante.

Então, num acto de benevolência, decidiu que, enfim...se ele se portásse bem...lhe daria um dia de liberdade...precária, claro: o dia 24 de Agosto...

Ora hoje é esse dia!

Por isso, cuidem-se, porque ANDA O DIABO À SOLTA !!!

Instala-se a desordem e acontecem fenómenos inusitados...

Cuidado com os ladrões e com as carteiras...

com chuvas, trovoadas e ventanias, mar alterado...que sei eu?...

Enfim...hoje, parece que nada corre bem, e há quem relacione tragédias acontecidas neste dia, à desordem que o diabo provoca, ao ver-se livre de S.Bartolomeu...

Será?...

 

 

publicado por Belisa Vaio às 09:11

13
Jul 10

Florbela Espanca e Luis Represas...

 

Um dos mais belos poemas numa das mais belas melodias...

 

 

 

 

 

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Áquem e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhas de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dize-lo cantando a toda a gente!

 

publicado por Belisa Vaio às 10:39

09
Jul 10

 

 

Nada melhor que ter um milhão de amigos!!!

Um abracinho à nossa nova amiga Maria e

outro muito especial à inspiradora deste "ponto de encontro" , nossa amiga BETE !!!

publicado por Belisa Vaio às 22:27
sinto-me:

07
Jul 10

 

 

 

Meu nome é Isabel em honra da Rainha Santa Isabel de Portugal...

Naquele tempo não havia ecografias e só se sabia o sexo do filhinho depois de ele nascer...Bem, há 34 anos, idade do meu filhote mais novo, também ainda não era possível fazer esse exame, pelo menos aqui por estas bandas...

Continuando...

Minha Mãe contou-me que , quando estava grávida de mim, foi rezar ao Mosteiro de Santa Clara-a-Nova ( onde se encontra a imagem e o túmulo com o corpo da nossa Rainha, ainda incorruptível), prometendo que, se nascesse uma menina se chamaria Isabel...e cá estou eu!

Talvez por isso e conhecendo a história e a vida desta Santa, fui-me tornando, a pouco e pouco, uma fervorosa devota e crente nos seus milagres.

A 4 de Julho,  festeja-se a Rainha Santa.

Fui visitá-la e mais uma vez pedir-lhe a condução da minha Vida.

A nossa Princesa/Rainha, chegou do reino de Aragão (hoje pertence a Espanha) para casar com o nosso Rei D.Dinis, em 1282...com 12 aninhos...

Modelo de bondade e paz, alimentava o povo faminto e doente e intermediava nas lutas entre o marido e o único filho, D.Afonso .

Continua a venerar-se pelo Milagre das Rosas...
Diz a tradição que um dia, levando pão, escondido nas dobras do manto, para distribuir pelos pobres, D. Dinis lhe apareceu e lhe perguntou o que levava no regaço, ao que ela retorquiu: São Rosas, meu Senhor!

Abriu o manto e na vez de pão, caíram rosas...aconteceu o milagre...

 

Há dias, visitando a Feira de Artesanato de Coimbra, encontrei uma imagem da nossa Rainha, de braço dado com o Rei D.Dinis...estranhei...nunca tinha visto tal representação e perguntei o significado da mesma à sua autora, a famosa Júlia Ramalho, neta da não menos famosa Rosa Ramalho.

E eis a resposta:

Ó minha senhora, D. Dinis foi um safado, mas se não fosse ele ser assim ela também não tinha feito o milagre das rosas!

Calei-me...convencida...e comprei!

 

Mas que não fique a ideia de que o nosso D. Dinis foi apenas um safado!

Foi um Rei que organizou administrativamente o reino. que incentivou a agricultura, que travou o avanço das dunas na orla costeira portuguesa, mandando semear o grande pinhal de Leiria, ainda hoje existente e que produziu a madeira para a construção das  naus dos descobrimentos !

Daí o cognome de Rei Lavrador

Além disso...e foi muito...ainda tinha tempo para viver apaixonado! Foi Trovador e Músico, sendo autor de Cantigas de Amigo, de Cantigas de Amor e também de Cantigas de Escárnio e Maldizer...

E muito importante!

Criou a Universidade de Coimbra em 1290, a primeira Universidade portuguesa, ex-libris de Portugal, tão querida dos seus estudantes...e da população da cidade...

 

http://coimbra.ws/images/articles/20070201162033550_2.jpg

publicado por Belisa Vaio às 21:53

30
Jun 10

ESTÁ UM POUCO TARDE PARA CONSOLOS, MAS COMO DIZ A "SABEDORIA POPULAR":    ANTES TARDE.....DO QUE NUNCA!

 

publicado por Bete do Intercambiando às 01:24

Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


links
PESQUISAR
 
blogs SAPO