Este é um blog aberto ao público, para que aqui deixe sua postagem a respeito do tema em seu país. Pode ser a Sabedoria Popular em qualquer área: Saúde, Beleza, Vida, Particularidades Culturais, Religião, Arte.

08
Mai 11

Este Blog é um local privilegiado de troca de saberes e, mais uma vez, vou relembrar e partilhar algo que vivi quando era criança.

Num dos montes que fazem parte da Serra de Sicó, a sul de Condeixa e sobranceiro aos lugares do Furadouro, Casmilo, Arrifana e outros, existe uma capela onde se venera a Senhora do Circulo, ou Circo.

A romaria realiza-se no 2º. domingo depois da Páscoa e a Fé na Virgem, pede protecção especialmente para os rebanhos de cabras e ovelhas que se alimentam naquelas encostas para, em devido tempo, produzirem o leite com que se faz o Queijo do Rabaçal, produzido em toda a região de Sicó. 

Tinha eu uns 10 anitos, e, por uma única vez, fui com os meus pais e alguns amigos participar nessa festa.

Fomos de carro até ao sopé do monte e depois subimos a pé pelo caminho que nos levava lá acima. Divididos os cestos e mantas para o obrigatório piquenique, cada um subia como podia, por entre pedras, cardos, giestas e...caganetas de cabras. 

Chegados lá, a paisagem é de cortar a respiração...

Gente simples e devota, missa com sermão encomendado a padre de oratória entusiasmante e rebanhos dando voltas à capela, acompanhando o seu pastor que, num acto de fé, transportava aos ombros ou ao colo, uma das rezes, cordeirinho ou cabritinho...  

Imagens que ficaram na minha memória...

Hoje é dia de romaria mas estou longe e não sei se ainda se mantém a tradição.

Lembro-me que meu Pai me ensinou que Nossa Senhora tinha sete irmãs e que dali, daquele monte, se avistavam umas ás outras:

A dos Milagres em Cernache, a da Encarnação em Buarcos e as restantes que não recordo...

E...com o bom-humor que sempre tinha,  deixou a minha curiosidade em suspenso ao contar que...

"...num dos sermões mais aplaudidos pelos peregrinos o senhor padre, entusiasmado com a Fé demonstrada, rematou:

- E, meus irmãos! Os milagres da Senhora do Circo são tantos, como as caganetas das cabras por esta serra abaixo!"        

 

Gosto de continuar a ser ingénua e acreditar na história e no sorriso do meu Pai...

 

Recomendo a visita a este site:

 

http://terrassico.lac.pt/index.php?action=rub_aff&rub_id=156&page_id=499

 

 

 

publicado por Belisa Vaio às 14:37

21
Set 10

http://www.jf-soure.pt/images/s_mateus_b.jpg

 

NÃO PEÇAS A MORTE A DEUS...NEM CHUVA PELO S. MATEUS

 

Cresci a ouvir este ditado popular...e muitos foram os anos em que choveu MESMO no dia 21 de Setembro...

No entanto...a tradição já não é  o que era...e este ano, por estes lados, nem ameaças...apenas sol e calor...

 

Outra ténue recordação que tenho, do S.Mateus de Soure era da grande romaria anual, que ainda se realiza, com a expressão de fé dos romeiros que vão pagar suas promessas.

E dizia-se que as que mais agradavam ao Santo eram as de coisas roubadas...como milho entre outras...

(Vou informar-me melhor e mais tarde actualizar este texto...)

 

Do que me lembro muito bem, é do Rancho Típico de Paleão, lugar próximo da Capela de S.Mateus, e que dançava e cantava no adro...

 

"Namorei duas cachopas

Na noite de S.Mateus...

Uma era da Redinha

A outra era de Tapeus..."

publicado por Belisa Vaio às 23:03

20
Ago 10

 

Sabendo que a nossa amiga Maria anda de férias pelo norte de Portugal, que eu também tanto amo, e que a nossa amiga Bete ainda não teve esse privilégio, pensei em dedicar-lhe algo especial que lhe abra o apetite para um dia vir até cá...

 

Hoje, e por estes dias, festeja-se em Viana do Castelo - lindíssima cidade do Minho - a romaria da Senhora da Agonia, protectora dos pescadores e da cidade.

Então, descobri esta apresentação no youtube, e, felicitando o autor, faço-a chegar, especialmente ao Brasil, à nossa amiga.

 

Quero frizar que repare no ouro que as mulheres usam ao peito. Tem uma razão de ser. É nesta região que existe a maior concentração de artistas/ourives e ourivesarias do país... É que foi dali que partiu a maior onda de emigraçao a caminho do Brasil, nos fins do séc.XIX... E o obectivo era...enriquecer...e muitos conseguiram...

 

Há outro pormenor, que aqui não é mostrado - creio eu - mas que considero interessante.
Nestes dias da romaria - a que já pude assistir por 3 vezes - reparei que os homens e mulheres da cidade e arredores, fazem gala em usar, no trabalho ou em passeio,  eles camisas típicas de linho e bordadas no peitilho, elas, brincos á raínha e ao peito, corações de Viana...

 


 


publicado por Belisa Vaio às 17:01
sinto-me:

24
Jun 10

Minha amiga Belisa falou das festas daí, e eu falarei das daqui, que não sei se são iguais ou diferem em alguma coisa.

Nas de cá ( Brasil), geralmente são feitas nos pátios das igrejas católicas, e os trajes, preferencialmente típicos: ou seja: muitas pessoas se vestem como se fossem camponeses, com vestidos e camisas xadrez, pintam o rosto, ela com bastante rouge, pintinhas pretas em cima deste, batom bem vermelho. Ele, pinta um belo bigode, faz alguns fiozinhos de barba.

As músicas do evento são sertanejas, e as danças giram em torno do forró.

As comidas giram em torno do milho verde cozido, churrascos, cuscus, pipoca, canjica, doces de abóbora, de côco, paçoquinha. Bebidas como quentão e vinho quente, são ponto forte......Mas, não deixam de ter uma cervejinha, porque brasileiro acha que festa sem cerveja, não é festa!

Mas, o ponto alto da festa é à meia noite, horário em que uma grande fogueira acesa a horas atrás, já virou brasa, e alguns devotos se aventuram a andar descalços sobre elas, para cumprir alguma promessa feita ao Santo....Alguns o fazem por pura graça!.....Afinal, é Festa de S.João!

publicado por Bete do Intercambiando às 23:36

Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


links
PESQUISAR
 
Posts mais comentados
blogs SAPO