Este é um blog aberto ao público, para que aqui deixe sua postagem a respeito do tema em seu país. Pode ser a Sabedoria Popular em qualquer área: Saúde, Beleza, Vida, Particularidades Culturais, Religião, Arte.

21
Set 10

http://www.jf-soure.pt/images/s_mateus_b.jpg

 

NÃO PEÇAS A MORTE A DEUS...NEM CHUVA PELO S. MATEUS

 

Cresci a ouvir este ditado popular...e muitos foram os anos em que choveu MESMO no dia 21 de Setembro...

No entanto...a tradição já não é  o que era...e este ano, por estes lados, nem ameaças...apenas sol e calor...

 

Outra ténue recordação que tenho, do S.Mateus de Soure era da grande romaria anual, que ainda se realiza, com a expressão de fé dos romeiros que vão pagar suas promessas.

E dizia-se que as que mais agradavam ao Santo eram as de coisas roubadas...como milho entre outras...

(Vou informar-me melhor e mais tarde actualizar este texto...)

 

Do que me lembro muito bem, é do Rancho Típico de Paleão, lugar próximo da Capela de S.Mateus, e que dançava e cantava no adro...

 

"Namorei duas cachopas

Na noite de S.Mateus...

Uma era da Redinha

A outra era de Tapeus..."

publicado por Belisa Vaio às 23:03

23
Jun 10

https://1.bp.blogspot.com/_tMhf8i4ZU2I/SkDmN2SMDKI/AAAAAAAAAUM/7-XUSQIIhcw/s400/S.Joao.jpg

 

 

Água de S.João, tira o vinho e não dá pão...

 

Galinhas do S. João, no Natal ovos dão !!!

 

Pelo S.João deve o milho cobrir o cão...

 

 

Estes são alguns dos ditados populares, da época de S.João - que se festeja esta noite, de norte a sul de Portugal - e que ainda têm força de lei para o nosso povo, especialmente para o que labuta na agricultura...

 

No entanto, mais uma vez esta noite e sobretudo na cidade do Porto, o S.João é motivo para sardinhas, bailes e fogo de artificio, alhos porros e cascatas e...muitas quadras populares...espetadas nos vasos de manjericos...

 

 

S. João muito obrigado

Por tudo quanto vos devo!

Desde o anel de noivado...

Às folhinhas do meu trevo.

 

S. João leu-nos a sina

E não se enganou, Maria

Fez a noite pequenina...

Mas deu-nos um grande dia!

 

Tuas saias sobem tanto

Nas fogueiras a bailar!...

Que até nos olhos do Santo

Há bichas de rabiar!...

 

Nota: estes versos são da autoria de Ramiro de Oliveira, irmão de meu pai, e grande poeta popular, nascido em Condeixa-a-Nova.

publicado por Belisa Vaio às 19:28

Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


links
PESQUISAR
 
Posts mais comentados
blogs SAPO